segunda-feira, 20 de maio de 2013

REPASSE DO FUNDEB EM PARAIBANO DEVE SER PAGO AOS PROFESSORES NOS PRÓXIMOS DIAS

Prof. Amaury Carneiro
É o que afirmou a prefeita Aparecida Furtado (PV), na tarde de hoje (20),  ao blog. Segundo a prefeita,  o secretário municipal de finanças Ubiratan Filho,  já se reuniu com representantes do sindicato da classe para fazerem os últimos ajustes para o pagamento; porém o valor do repasse referente à cada professor (a), ainda não foi definido. 


Na primeira quinzena deste mês a prefeitura de Colinas-MA liberou dois repasses aos professores da rede municipal, um no valor de R$740,00 e outro no valor de R$1.920,00, e a prefeitura de Passagem Franca-MA repassou R$ 770,00 aos profissionais da educação municipal.

  A classe de professores da rede municipal de ensino em Paraibano-MA aguarda ansiosa o repasse do FUNDEB, conforme determina lei federal. 

WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

4 comentários:

  1. Oi, Amaury...Sou de Sucupira do Riachão-MA.Gostaria muito que vc fizesse uma materia sobre o salário dos professores de nossa cidade.Pois, os mesmo, estão recebendo um salário minimo.Na realidade menos de um salário porq tem os descontos.Dá para sustentar uma familia com esse salário?Professor ak nunca foi tratado com respeito.E o pior, a atual Prefeita é "Professora".

    ResponderExcluir
  2. Só espero que não tenha 1 minuto de atraso, pois nada justifica, já que o recurso já está disponível nas contas da prefeitura, caso contrário, alguém tem que ser responsabilizado e justificar convincentemente cada professor, que acho difícil acontecer explicação considerável

    ResponderExcluir
  3. Sou professor, e ainda não vi as rosas do mar que foi prometido em campanha eleitoral para a prefeitura de Paraibano no tocante à educação. Não entendo como um recurso que está em conta bancária há dias tenha que passar por tanta embromação para ser entregue aos donos.O MP do estado foi bem claro, chegou o dinheiro, paga, acabou a farra de transferir o dinheiro para contas paralelas com o intuito de angariar os rendimentos que o mesmo geraria. Já ia me esquecendo, é uma mixaria, uma vez que a educação se tornou um cabide de empregos,com um bando de professores puxa-saco trabalhando no apoio educacional, abrindo precedente para contratação de mais professores. O que não podemos nos esquecer, é que esses professores contratados tem que ser pagos com os 40% do dinheiro do Fundeb e não com os 60% dos efetivos, sem falar que eles não tem direito ao repasse, só se for dos 40%, dinheiro que eu acho muito difícil de sobrar. Fica de olho sindicato.

    ResponderExcluir
  4. Já sei! O dinheiro pára em colinas! Tá explicado!

    ResponderExcluir

COMENTE COM EDUCAÇÃO.