sábado, 6 de maio de 2017

BARBÁRIE: ASSASSINATO DO PROFESSOR "MANIN" ABALA POPULAÇÃO DE PARAIBANO



Um crime bárbaro, hediondo, chocou, abalou a cidade de Paraibano e região.


 A vítima de tamanha violência foi o professor Ivanildo Pereira Costa, conhecido como “Manin Marão”, que estava desaparecido. O corpo do professor foi encontrado morto, amarrado em um tronco de árvore em um local próximo ao lixão da cidade, às margens da BR-135 saída para a cidade São João dos Patos/MA.

Manin, havia saído de casa na noite de quinta-feira (04) por volta das 20h00min e até as 10h00min dá manhã de sexta-feira (05), não teria retornado. Depois do desaparecimento do professor a população de Paraibano, incluindo a família, amigos e veículos de comunicação começaram as buscas pelo professor em toda região; primeiro foi encontrado seu carro totalmente queimado por volta da 15:00h; mais ou menos uma hora depois o corpo de Ivanildo, foi localizado com as mãos atadas e amarrado a uma árvore; segundo informações, os indícios é de que ele tenha sido torturado antes de morrer. Policiais compareceram imediatamente na área, após a localização do corpo da vítima. 


A policia ainda não tem pistas do autor ou autores e nem as causas que motivaram esse crime bárbaro. O corpo do professor foi levado para o IML na cidade de Timon / MA, para peritos fazerem necrópcia do corpo. O corpo será velado na residência da família.

Nosso companheiro “Manim” como era mais conhecido, era professor da rede pública municipal em Paraibano, por sinal um dos  professores qualificados do município e uma figura muito conhecida e de bons amigos na cidade.

“Assassinaram um professor. Um homem íntegro, que deixou familiares. Foi assassinado de forma cruel e não há nada que justifique. Sabemos que não há nada que o Governo possa fazer para trazer a vida de volta, mas o mínimo que se espera é que se investigue, encontre os culpados e, então, penalize os criminosos”, disse o Deputado Estadual Wellington.

No dia anterior ao crime, a polícia Militar havia divulgado uma nota à imprensa informando a diminuição do índice de criminalidade no município, no entanto, 24h depois a população se depara com um crime bárbaro e revoltante.

Que Deus conforte os familiares neste momento de profunda dor.

MANIFESTAÇÃO...

A classe dos professores está se organizando para fazer uma grande manifestação pedindo, exigindo das “autoridades competentes” a elucidação e justiça frente a esse crime hediondo.

O assassinato do professor foi notícia em diversos meios de comunicação do estado do Maranhão. Veja nos links abaixo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE COM EDUCAÇÃO.