terça-feira, 18 de abril de 2017

PARAIBANO: MAIS UMA SESSÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA DE VEREADORES...



Professor Amaury Carneiro



Os vereadores do município de Paraibano/MA se reuniram em mais uma sessão ordinária na noite de ontem segunda-feira (17). A sessão, comandada pela presidente da Casa a vereadora Elizângela Teixeira (PSB), foi marcada por discursos variados dos edis, com ausência apenas da vereadora Dênia Sá.

A secretária municipal da educação usou a tribuna para  esclarecer algumas ações da referida secretaria, referente ao primeiros três meses da nova administração.

Fizeram uso da palavra os vereadores Tico Leite (PCdoB), Enfermeira Lucimar (SD), João Marcelo (PSDB), Murilo Ribeiro (PSL), Ana Célia (PR), Ricardo Xavier (PT),  Dênis Nascimento (PMN), Ricardo Campos (PEN) e a presidente da casa.

O vereador Tico Leite,  apresentou uma indicação solicitando um terreno para implantação de um restaurante popular nas proximidades do bairro Subestação.

 A vereadora Enf. Lucimar, lembrou do atraso do pagamento dos salários de vários profissionais da saúde do município e que depois de várias cobranças os mesmos foram pagos; também disse que fez várias solicitações junto ao secretário estadual de indústria e comércio Simplício Araújo, entre elas, a pavimentação da estrada vicinal que liga o Povoado Varzinha à BR 230.

O vereador Murilo, relatou sobre as ações da nova administração nesses cem primeiros dias de governo e deu apoio as ações da polícia militar para coibir o uso de "canos cadron" em motos, assim como a retirada de canos  das mesmas.

 João Marcelo, falou sobre suas indicações já feita até o momento a pedido da população ... e que as críticas feitas por algumas pessoas são aceitas, desde que fundamentadas. O vereador também disse que o município precisa e atrás da implantação de um Pólo do IFMA (Instituto Federal do Maranhão) no município e que essa reivindicação já foi feita pelo vereador Ricardo Campos, mas precisa do apoio do prefeito.


Ana Célia, se defendeu de acusações feitas pela secretária municipal de educação : “ Senhora secretária da educação, eu não chamei nenhum professor de incompetente, como você afirmou, não está nem registrada na ata da última reunião, quero que você me mostre e, se eu disse, peço desculpas, se não, vou atrás dos meus direitos.... Não estou perseguindo prefeito, estou aqui é pra ajuda a população” disse a vereadora.

Discurso do vereador Dênis Nascimento:  “ Digo aqui à secretária de educação que eu jamais falei da sua pessoa, isso está bem claro na ata... a senhora secretária relembra momentos tensos da ditadura, é os comentário que se houve em nossa cidade, a perseguição, desde quando você entrou à frente da secretaria da educação, uma prova está aqui, o professor Amaury Carneiro, professor competente, renomado que tem passado por momentos difíceis depois de sua administração à frente dessa pasta;  mas o motivo principal que nos trás aqui esta noite é a perseguição da senhora com a minha pessoa desde a última campanha eleitoral, digo-lhe que não tenho nada contra sua pessoa, nada contra sua administração, eu estou aqui pra somar, não estou aqui pra perseguir ninguém, prova disso é que  tenho me colocado a disposição de outras secretarias, também à disposição do vice-prefeito Chico do Zé Veado. Eu fui eleito pelo povo, não estou aqui pra elogiar ninguém, estou aqui para defender o povo, e sempre que for preciso vou fiscalizar o executivo, pois esse é o nosso papel.” Relatou Dênis

Ricardo Campos, disse que sofreu perseguição tipo de ditadura, após as eleições de 2014, na qual seu irmão Júnior Campos, foi candidato a deputado estadual. “ Tentaram me remanejar do estado e do município pela então secretária de educação, mas como tinha portaria de professor concursado por área, não conseguiram, pois fui atrás dos meus direitos, portanto se alguns professores que foram remanejados para zona rural se sentirem perseguidos vão atrás dos seus direitos” Completou o vereador. Ricardo. Também explanou sobre suas ações e do governo municipal nos cem primeiros dias de administração.

Ricardo Xavier, assim como os demais vereadores da base governista, saiu em defesa da administração municipal em relação aos primeiros meses de governo.

A presidente da casa vereadora Elizângela, disse que já foi feita uma licitação para compra de equipamentos inerentes à iluminação pública, para assim, o poder executivo solucionar o problema de falta de iluminação em algumas localidades.

Todos vereadores destacaram e elogiaram a realização e organização da AGRITEC em Paraibano e disseram que o governo do estado irá atender diversas solicitações feitas pelo poder legislativo e executivo do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE COM EDUCAÇÃO.