segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

CONCURSOS COM INSCRIÇÕES ABERTAS REÚNEM 43,8 MIL VAGAS EM TODO O PAÍS

 Cargos são para todos os níveis de escolaridade.
Pelo menos 138 concursos públicos em todo o país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (23) e reúnem 43.782 vagas para cargos em todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 22.854,46 no Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em Minas Gerais.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva, ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.


Os órgãos que abrem inscrições nesta semana para 1.455 vagas são os seguintes: Câmara Municipal de Sapucaia do Sul (RS), Polícia Civil do Estado de São Paulo, Prefeitura de Amparo (SP), Prefeitura de Boa Vista das Missões (RS), Prefeitura de Dom Joaquim (MG), Prefeitura de Goiânia, Prefeitura de Nova Canaã do Norte (MT), Prefeitura de Ponte Serrada (SC), Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Piumhi (MG) e Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).Além do concurso da prefeitura municipal de Paraibano-MA.

CONCURSO DA PREFEITURA DE PARAIBANO-MA, EDITAL CLIQUE AQUI

CLIQUE AQUI E CONFIRA OS DEMAIS EDITAIS, COM O LOCAL, AS VAGAS E OS SALÁRIOS

Um comentário:

  1. João Airton Santos Porto
    Chegou a mim a informação de que a Prefeitura de Paraibano lançou o Edital No. 001/2013, no dia 15.12.2013, para Concurso Público em diversas áreas e diversos cargos. Ponto positivo para a Prefeitura que cumpre um dos requisitos mais importantes para uma gestão legal, isonômica e transparente. Entretanto, ao ver o citado edital, alguns pontos me preocupam e precisam ser registrados:
    Primeiro, a contratação do Instituto Machado de Assis, instituição localizada na Rua Magalhães Filho, 1825, Bairro Marquês, em Teresina, Piauí, (http://www.institutomachadodeassis.com.br), desconhecida na citada cidade... realizou concursos públicos apenas para Prefeituras, o que demonstra pouca experiência. Por que nunca realizou concursos para instituições públicas mais exigentes (estaduais, federais)? Ao contrário do que muita gente pensa, a instituição realizadora do concurso público deve ser escolhida em licitação específica para esse fim, não podendo a escolha ser feita por ‘dispensa’ ou ‘inexigibilidade de licitação’, o que, espera-se, tenha acontecido.
    Segundo, vagas (03) para Professor de 1º ao 5º. Ano para a zona rural, sem especificar o local de lotação, o que causará discricionariedade indevida para o gestor, ou seja, poderá lotar o futuro servidor de acordo com as suas convicções pessoais e/ou políticas.
    Terceiro, reservar uma vaga para Administrador é muito importante e uma evolução tratando-se de Paraibano. Apenas vejo que poderia ser mais vagas, uma vez que a Prefeitura precisa desse profissional em todas as áreas. Ações de planejamento, organização, direção e controle são necessárias em todas as Secretarias.
    Quarto, exigir conhecimentos de ‘Ética’ e ‘Princípios da Administração Pública’ apenas para o ‘Administrador’ e o ‘Procurador do Município’ é, no mínimo, desconhecimento de que a maioria dos problemas administrativos na gestão pública surge do fato de os demais profissionais não os conhecerem. Por isso, não entendem por que deve existir o devido processo legal.
    Quinto, é impossível entender... é imoral... é inaceitável. O Edital prever no Anexo II (Cronograma de Execução do Concurso Público), Item 12, que o ‘prazo para apresentação de recursos referentes à pontuação da prova de títulos’ será nos dias 27 e 28 de março (quarta e quinta-feira) antes do carnaval. No Item 13, o ‘Resultado Final do Concurso’ no dia 03 de março (segunda-feira de carnaval). No Item 14, ‘Recurso contra o Resultado Final’ nos dias 05 de março (quarta-feira de cinzas) e 06 de março (quinta-feira). Os recursos deverão ser enviados, via SEDEX, para o Instituto Machado de Assis, em Teresina. Será que dá tempo? É, no mínimo, estranha a pressa para finalizar o Concurso, exatamente nas datas da festa mais popular do Brasil. Parece que a empresa realizadora e a Prefeitura não querem receber recursos ou questionamentos, o que se configura grande falha do certame e motivo de ilegalidade. O que se espera é que isso seja corrigido.
    joaoairton@gmail.com

    ResponderExcluir

COMENTE COM EDUCAÇÃO.