quarta-feira, 9 de maio de 2018

ELEIÇÃO NÃO MUDARÁ O BRASIL, DIZ JOAQUIM BARBOSA APÓS DESISTIR DA DISPUTA: "SOMOS REFÉNS DO SISTEMA"


"O sistema não tem válvula de escape. O cidadão brasileiro vai ser constantemente refém desse sistema. Você não tem como mudá-lo. Esse sistema contém mecanismos de bloqueio que servem para cercear as escolhas do cidadão", disse o ex-ministro ao jornal Valor Econômico

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa afirmou que não acredita que a eleição que ocorrerá em outubro mude o país. Em entrevista ao Valor Econômico, Barbosa diz que o Brasil tem problemas estruturais gravíssimos. "É um país que tem um histórico de dificuldades imensas para assimilar relações econômicas saudáveis", completa. 
O ex-ministro anunciou nesta terça-feira que não será candidato à Presidência pelo PSB, partido em que se filiou há um mês. A mensagem publicada em sua conta no Twitter repercutiu entre os presidenciáveis que participavam de uma reunião em Niterói, no Rio de Janeiro. 
Ele também explica ao Valor que sua decisão já era esperada pelos mais próximos. "A previsão de que eu já estava mergulhado na campanha vinha de gente que não falava comigo. Minha disposição para disputar era pequena. Não tenho, nunca tive essa ambição por poder. Não morro de amores pelo poder. Não vejo glamour na vida de quem tem poder. Nem apego aos palácios do poder. Tudo aquilo que leva os políticos a conquistar o poder, nunca me atraiu", comenta.
Aí sim, é uma pessoa digna de fato, mas infelizmente não constará entre os candidatos à presidente do Brasil em 2018. Uma pena! 
Fonte: Jornal do Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE COM EDUCAÇÃO.