terça-feira, 15 de novembro de 2016

FUTURO ELEITORAL GOV. FLÁVIO DINO NAS MÃOS DE AÉCIO NEVES

Senador atua fortemente no Congresso Nacional para aprovar emenda constitucional que proíbe a reeleição já a partir de 2018, o que forçaria o governador maranhense a ter que disputar outro cargo, além de buscar, às pressas, um sucessor competitivo

Aécio esteve com Flávio Dino em 2014, mas, dificilmente, estará no mesmo palanque em 2018
Aécio esteve com Flávio Dino em 2014, mas, dificilmente, estará no mesmo palanque em 2018

 Marco Aurélio Derça
 
O governador Flávio Dino (PCdoB) vai ter que atuar em Brasília contra o senador Aécio Neves (PSDB) se quiser preservar sua condição eleitoral em 2018.

O tucano é o principal articulador, no Congresso Nacional, de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que proíbe a reeleição para os atuais ocupantes de cargos no Executivo – presidência, governos estaduais e prefeituras – já a partir de 2018. (Saiba mais aqui)
 
Aécio Neves tem colhido bons frutos em sua empreitada, com apoio em todos os partidos; e espera votar a PEC ainda este ano.

Caso aprovada, a proposta tira de Flávio Dino a condição de candidato à reeleição, forçando-o a ter que disputar outro cargo daqui a dois anos.

Por si só, Dino teria condições de se eleger senador, por exemplo, mas teria apenas dois anos para buscar um sucessor capaz de representá-lo bem no pleito de 18.

E até onde a vista alcança não há entre os aliados do governador comunista ninguém com possibilidade de encarnar a representação do seu grupo político.

Flávio Dino vai ter, portanto, que se virar em Brasília se quiser barrar as pretensões de Aécio Neves.

O que será o primeiro teste de sua força e prestígio nacionais…

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE COM EDUCAÇÃO.