segunda-feira, 18 de novembro de 2013

SEMINÁRIO DE PEDAGOGIA EM PARAIBANO

Prof. Amaury Carneiro
No último sábado (16/11), os alunos da  faculdade FACIBRA (Faculdade de Ciências Wenceslau Braz), pólo de Paraibano-MA, através da coordenação do curso de Pedagogia, promoveram o 1º Seminário Integrado de Educação e Prática Pedagógica 2013. O evento aconteceu na Escola Municipal Adonias Lacerda e abordou vários temas tais como: A educação infantil I e II, Teoria da aprendizagem, Gestão educacional, Educação inclusiva e Didática.

Durante o seminário, os participantes divididos em equipes apresentaram as práticas pedagógicas desenvolvidas em sala de aula e as  relacionaram com os temas abordados, também foi montado estandes com exposição de materiais didáticos pedagógicos usados durante as aulas.

Coordenadora Audilene
 Barbosa e o professor
 Édison Costa
Além de possibilitar a socialização das atividades e a oportunidade de aprofundamento em alguma temática voltada à prática profissional do professor/pedagogo, o seminário teve como objetivo permitir a integração entre todos os alunos do curso e o desenvolvimento das habilidades de expressão oral necessárias ao trabalho docente.

 “A integração entre alunos de diferentes etapas do curso também é importante para a compreensão da proposta pedagógica do curso, bem como da percepção dos avanços que cada grupo de alunos faz a cada disciplina”, Disse Raimundo Augusto, professor  coordenador educacional do município e aluno do curso de pedagogia.

A maioria da equipes,  fizeram boas apresentações, com destaque para os dicentes Ubiana Rocha, Auricélia, Raimundo Augusto, Vitória Costa, Euclides Araújo entre outros. O coordenador do seminários foi o professor  Édison Costa com a participação da coordenadora da Facibra Audilene Barbosa.

O Ponto Fraco

A oratória de 90% dos alunos, muito fraca, no que tange leitura, postura e explanação de conteúdos, principalmente em relação àqueles que já exercem a profissão.

Esse problema acontece em todos os  cursos de formação com encontros quinzenais ou mensais, oferecidos aqui em Paraibano-MA e em muitas cidades de várias regiões do País, é que os alunos parecem que  aprendem de forma fragmentada, sem compreender as implicações do que estão fazendo salvo raras exceções. Nesse sentido, para melhorar é preciso muita prática de leitura; leitura literária, informativa, científica, didática etc; estimulando-os a fazerem boas interpretações.

  Tudo isso penso eu, é resultado da falta de relevância com que o tema é tratado, a maioria dos alunos desses cursos “superiores” tendem a reproduzir as práticas pelas quais passaram quando estudantes da Educação Básica e continuam nos cursos de formação “superior”, atrelados também à falta de interesse. 
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
Equipes do seminário

3 comentários:

  1. Eduardo> Professor concordo com vc, a maioria desse alunos não tem mesmo interesse,e como vc diz não leem parace q tem medo de um livro ou de uma revista de informação, infelizmente serão péssimos profissionais. eduardo sousa10@hotmail

    ResponderExcluir
  2. pq vc n deixou minha resposta ao Eduardo embora concordar com ele.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns alunos, pois sei que a maioria de vcs veio de escola de baixa qualidade e mesmo assim acreditam na educação, estão se esforçando para continuarem os estudos, embora o ESTADO negue educação de qualidade.


    É fácil criticar amigo, principalmente de forma destrutiva, difícil é refletir sobre a realidade dessas pessoas, de onde eles vieram e o quanto é importante para eles fazerem um curso superior, mesmo que não seja em uma boa faculdade.

    Parabéns alunos, acadêmicos, desejo força, muito estudo e provem para todos e para vcs que podem conseguir o que quiserem com dedicação.

    ResponderExcluir

COMENTE COM EDUCAÇÃO.