terça-feira, 8 de outubro de 2013

VEREADORA ANA CÉLIA TENTA RESTRINGIR A LIBERDADE DE IMPRENSA

Prof. Amaury Carneiro
Foi durante a sessão de ontem (07), na câmara legislativa municipal de Paraibano-MA, quando a presidente da casa, a vereadora Ana Célia de Sousa da Silva(PR), usou a tribuna e relatou:

“Professor Amaury, eu quero pedir a você e aos demais proprietários de blogs, que não publiquem nenhum projeto antes de ser votado aqui na câmara, porque fica difícil, depois, a gente justificar alguns motivos da aprovação ou não,  como foi o caso da semana passada”. (matéria sobre o requerimento apresentado pelo vereador Murilo, solicitando o nome da nova creche ao ex-vereador Jardem Sousa, falecido no mês de junho deste ano, Publicada aqui, na semana passada)

A nobre vereadora foi no mínimo infeliz quanto ao seu questionamento, “pedido”; pois eu,  como administrador e editor deste canal de notícias, nunca em matéria alguma, extrapolei o direito de informação, muito menos agredi a dignidade de alguém por meio de afirmações indevidas, para que a mesma pudesse fazer este “pedido”.

O intuito deste blog de notícia é deixar a população a par dos acontecimentos no meio social, principalmente no que tange as três esferas do poder público, Executivo, Judiciário e Legislativo, sem favorecer nenhum dos agentes envolvidos.

É sabido que as divergências de idéias tem um papel preponderante no trabalho da casa legislativa, isso é fato, e sempre serão elencados motivos adicionais para o comportamento dos diversos atores políticos, mais ligados aos seus interesses e/ou do povo. Dessa forma, um dos principais motivos para a manutenção das “regras do jogo”,  talvez seja o bom relacionamento entre parlamentares e a imprensa (Rádio, TV, Site, Blog de Notícias etc), para que divulguem seus trabalhos à população.

Estamos no terceiro milênio, no século 21, tempos modernos, onde há, a necessidade de se acompanhar a evolução tecnológica da comunicação midiática, não é a toa que o congresso nacional tem dois canais de TV; a TV Câmara e a TV Senado, e em vários Estados brasileiros, as assembleias legislativas, também, já inauguraram seus canais de TV, além de todas terem seus sites para noticiar os trabalhos dos parlamentares; portanto, esse pedido da presidente da câmara de vereadores de Paraibano-MA, a senhorita Ana Célia,  foi muito desagradável para os profissionais da imprensa e para população em geral.

Apesar de vivermos numa democracia há 25 anos, a qual foi comemorada no último dia 5 de outubro, data da promulgação da Constituição Federal (5 de outubro de 1988) eu, Amaury Carneiro, professor de Geografia e História, remeto-me em relação a este “pedido”, aos tempos implacáveis da ditadura militar, que tanto oprimiu o povo brasileiro, principalmente os profissionais da imprensa, por meio da censura.

A liberdade de expressão encontra albergue constitucional nos incisos IV e IX do art. 5º da Constituição Federal, sendo que a concretização dessa garantia se dá através dos meios de comunicação como rádio, a televisão, jornais impressos, internet, etc., razão pela qual a liberdade de imprensa também se traduz garantia individual elevada ao patamar de cláusula pétrea (CF, art. 5º, XIV).
WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

12 comentários:

  1. Caro Amaury, espero que não se curve a esse tipo de pressão meramente absurda praticada pela presidente da casa do povo de Paraibano. Ela afirma que depois fica difícil de explicar ao povo, isso demonstra a incapacidade dela no cargo, pois declara que não tem argumento de explicar seus atos ao povo que o elegeu e demais cidadãos Paraibanenses que merecem respeito. Fica claro que ela é cria da oligarquia de Paraibano(mandatários que a décadas ditam as regras e a maioria do povo aceita). Isso é uma vergonha para nós Paraibanenses. Até quando iremos conviver com esse tipo de pessoas à frente da Prefeitura e Câmara????????????

    ResponderExcluir
  2. era só o q faltava em Paraibano, Amaury, é mole?. Maria Joana

    ResponderExcluir
  3. Há tempos que estamos lutando pra acabar com uma oligarquia, que já dura meio século no Maranhão, usando sempre como subterfúgio a imprensa, as redes sociais, e mesmo assim ainda aparece pessoas contrárias à liberdade de expressão. Meus Deus até quando vamos ter que conviver com isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O analfabetismo impera na maioria dos vereadores do brasil, pois basta saber lê e escrever o nome pra se candidato!!!!Pode ser um desses casos típicos!!!

      Excluir
  4. Se dependesse de políticos, a imprensa não existiria. Por este motivo que o "pedido" da vereadora na matéria citada é desprezível.

    ResponderExcluir
  5. Caros leitores, vejam o que está nas entrelinhas, a crítica quanto a publicação de projetos ainda não aprovados por esse blog é na verdade apenas a ponta do iceberg.Na verdade mandaram um recado para o Amaury, tipo: tome cuidado com o que você publica sobre a gestão em Paraibano, pois existem coisas que seria melhor que não se chegasse ao conhecimento alienado do eleitorado dessa cidade". Isso tem nome:coação, chantagem,ameaça, tudo indiretamente é claro. A ditadura acabou há muito tempo nesse país e direito adquirido é direito irrevogável. Portanto, não venham aqui querer impedir que a população dessa cidade saiba o que acontece nos bastidores políticos imundos dessa cidade. Força Amaury, nós precisamos de pessoas como você para esse país, esse estado e essa cidade possa mudar, pois há muito tempo vive-se de migalhas nessa cidade enquanto existe muita comida guardada.

    Prof.º Palhaço da Silva

    ResponderExcluir
  6. Imagens raras mostram 'diversão' de Talebãs no Paquistão

    ResponderExcluir
  7. João Airton Santos Porto
    Paraibano, a Saramandaia do sertão maranhense, onde tudo pode acontecer. A vereadora-presidente se encaixaria facilmente no enredo daquele folhetim. Qual o personagem? Talvez... vereadora alienígena ‘furtadion paraibon’. A vereadora nunca deixou de destoar do título de vereadora e do ambiente da Câmara Municipal. A prestação de contas vem depois. Muitos já presidiram e não se deram bem.
    joaoairton@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. meu amigo amaury, cuidado com sua notícias que você escreve, primeiro você tem que pedir autorização aos donos da Casa Grande, paraibano não tem muito apego a democracia essa cidade é o retrato do Maranhão, está dominada a décadas pelos mesmo coronel. CLODOMI CAMPOS FREIRE

    ResponderExcluir
  9. amaury: jmilk falando: aqui não é um comentário. É uma sugestão:
    publique esse texto que faz menção á falta de informação das pessoas hoje em dia. vem bem a calhar em fatos recentes:
    http://outrarevista.blogspot.com.br/2009/04/carta-e-o-indio.html
    pega eese endereço e cola na barra de endereço. e verá o texto.

    ResponderExcluir

COMENTE COM EDUCAÇÃO.