quinta-feira, 3 de outubro de 2013

GOVERNO DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM PARAIBANO E MAIS 69 MUNICÍPIOS POR CAUSA DA SECA

NoticiasdeParaibanoMa.com
Foto:  Google
O Governo  Federal através da Secretaria Nacional de Defesa Civil, publicou no Diário Oficial da União (DOU), duas portarias que declara situação de emergência  em Paraibano-MA e mais 69 municípios do Estado do Maranhão  por conta da estiagem.

A medida visa a garantir a continuidade das ações emergenciais, como o acesso à água e o apoio aos produtores rurais, que já vinham sendo realizadas em  municípios que possuíam o decreto.

Segundo o documento, publicado no mês de setembro, a situação de emergência é provocada por redução das precipitações pluviométricas que assolam os municípios para níveis sensivelmente inferiores aos da normalidade climatológica e a queda intensificada das reservas hídricas de superfície provocada pela má distribuição pluviométrica na região.

O Decreto cita ainda que houve impactos decorrentes das perdas na agropecuária, o comprometimento dos reservatórios hídricos locais, ocasionando dificuldades da população no abastecimento d’água para o consumo humano e animal.

Fogo em roça na Serra da Cana Brava, em Paraibano,
 provocado por pequeno agricultor
dia 30/09/2013

Foto: Gil Clean

Com as decretações das situações de emergência, as prefeituras, por exemplo, podem solicitar recursos especiais junto ao Governo Federal, para a implementação de planos de trabalho.

Confira a lista com os nomes dos municípios citados no decreto

 O decreto é válido para os municípios: Afonso Cunha, Água Doce do Maranhão, Aldeias Altas, Amarante do Maranhão, Anapurus, Arari, Barão de Grajaú, Barra do Corda, Belágua, Bela Vista do Maranhão, Brejo, Buriti, Buriti Bravo, Cantanhede, Caxias, Chapadinha, Codó, Coelho Neto, Colinas, Duque Bacelar, Fortuna, Gonçalves Dias, Governador Archer, Guimarães, Igarapé do Meio, Jatobá, Jenipapo dos Vieiras, Lago da Pedra, Lago dos Rodrigues, Lagoa do Mato, Lagoa Grande do Maranhão, Magalhães de Almeida, Marajá do Sena, Mata Roma, Matões, Matões do Norte, Milagres do Maranhão, Mirador, Nina Rodrigues, Nova Iorque, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Paraibano, Parnarama, Passagem Franca, Pastos Bons, Paulino Neves, Paulo Ramos, Pedro do Rosário, Pinheiro, Presidente Dutra, Santa Filomena do Maranhão, Santa Helena, Santa Quitéria do Maranhão, Santa Rita, São Benedito do Rio Preto, São Bernardo, São Domingos do Maranhão, São Francisco do Maranhão, São João Batista, São João do Sóter, São João dos Patos, São José dos Basílios, São Roberto, Serrano do Maranhão, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, Tuntum, Vargem Grande e Viana.
Fonte: G1.com

2 comentários:

  1. Em anos de sofrimento o Ceará se sobressai construindo açudes, represando lagoas, transpositando do rio São Francisco através de canais e aqui nunca incentivaram nenhuma dessas ações, nem mesmo a simples e objetiva construção de poços, que tão querendo tapar os olhos da população, afinal, de quem é a culpa, federal, estadual, municipal, ou esse tipo de ação não gera dinheiro fácil pros donos das licitações, que preferem ganhar dinheiro com "estradas vicinais" que sempre existiram..., onde fazem apenas a tal da operação tapa buraco, porque abrir estrada não cido feito atualmente, por exemplo, a ligação da cana brava com a tabaroa da raimundinha pra "escoar produção", só os fracos, burros e principalmente os inocentes que não percebem R$R$.R$R$R$.R$R$R$

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comentário muito coerente, gostei, espero que tenha mais comentários inteligentes como esse...

      Excluir

COMENTE COM EDUCAÇÃO.