terça-feira, 6 de agosto de 2013

DEPUTADOS DA OPOSIÇÃO LAMENTAM ‘VERGONHA’ DO MARANHÃO EM REPORTAGEM DA REDE GLOBO

Coletadoras de fava em povoado de
Fernando Falcão-MA
Jornal Pequeno Online
Os deputados Othelino Neto (PPS), Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Marcelo Tavares (PSB) e Bira do Pindaré (PT) ocuparam a tribuna, na tarde desta segunda-feira (5), para manifestar sua indignação em relação à denúncia levada ao ar pela Rede Globo, domingo à noite, em uma reportagem do programa ‘Fantástico’, que enfoca duas cidades do Maranhão – Fernando Falcão e Marajá do Sena – como detentoras dos piores IDHs do Brasil, com a agravante de suspeitas de corrupção.

De acordo com a matéria do ‘Fantástico’, os municípios de Fernando Falcão e Marajá do Sena estão entre os piores lugares pra se viver no Brasil. “E sabe o que eles têm em comum, além da pobreza? Suspeitas de corrupção!”, afirma a matéria do ‘Fantástico’.

Dep. Estaduais, Bira do Pindará, Othelino,
Rubens Jr. e Marcelo Tavares. Em defesa do Maranhão
Ohtelino Neto foi o primeiro deputado a abordar o assunto e manifestar sua indignação. Ele disse que já se acostumou a assistir a programas jornalísticos veiculados em rede nacional na televisão e deparar com notícias quase sempre depreciativas, que causam vergonha ao povo do Maranhão.
“Já estamos cansados de saber, o que é concretamente o fruto dos 50 anos de mando do grupo Sarney no Maranhão. Transformando o Maranhão num exemplo de pobreza, num exemplo dos piores indicadores, fazendo uma disputa acirrada agora com Alagoas para ver quem é o pior nos indicadores sociais”, afirmou Othelino Neto.

O líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Rubens Júnior, frisou que os recentes indicadores sociais e econômicos divulgados por órgãos como o Ipea condenam o Maranhão a situações vergonhosas em relação ao restante do país.

“O nosso sentimento, infelizmente, é de vergonha. Todos nós que conhecemos as potencialidades do nosso Estado, segundo litoral mais extenso do país, terras férteis, rios perenes, povo trabalhador, muito dinheiro, Estado rico sendo achincalhado, fazendo com que os maranhenses, de certa forma, se sintam humilhados em relação ao que constantemente é divulgado na mídia nacional”, declarou Rubens Júnior.

Ao contestar alegações feitas durante a sessão por deputados governistas, o deputado Bira do Pindaré foi enfático ao dizer que não há como esconder o sol com a peneira.

“A verdade é que o Maranhão é abençoado pela natureza, mas é amaldiçoado pela malvadeza de quem governa este Estado, há quase 50 anos. E não se trata de quem foi governador ou deixou de ser governador, se trata de quem comanda, de quem chefia, de quem lidera uma oligarquia, que é um conceito científico, não é um conceito inventado pela Oposição. A Oposição não inventou oligarquia. Ela existe, de fato, porque aqui o comando político é feito por poucos e para poucos”, enfatizou Bira do Pindaré.

O deputado Marcelo Tavares também contestou argumentos apresentados na tribuna por deputados governistas, diante da reportagem veiculada pela Rede Globo no ‘Fantástico’.

“Uso esta tribuna com a única intenção de deixar claro aos deputados que defendem o governo, que não há explicação para que o Maranhão, novamente seja escolhido pelos indicadores apresentados no IDH, como o pior Estado da Federação para se viver. O governo da senhora Roseana Sarney, indiscutivelmente, é o pior governo da história recente do Maranhão. O Maranhão regrediu em todos os aspectos no governo de Roseana Sarney, afirmou Marcelo Tavares.

Ele disse que ficou indignado mais ainda porque deputados governistas foram à tribuna, nesta segunda-feira à tarde, tentar defender o governo em relação à reportagem levada ao ar pela Rede Globo para todo o Brasil:

“Hoje, no Maranhão, a segurança pública não existe: homicídios, assaltos, fugas em massa das Penitenciárias, fuga em massa da Penitenciária, de todas elas. A cidade de Viana, agora neste final de semana, vive um pavor pela fuga em massa naquela delegacia regional. Em São Luís, não respeitam mais ninguém, um carro bate no portão na Penitenciária, derruba o portão e os presos fogem. Virou bagunça. E agora estão aí os números do IDH, que desmoralizam esse governo fracassado. A governadora Roseana Sarney se tivesse o mínimo de bom senso, se tivesse o mínimo de afeição ao povo do maranhense, renunciava este mandato, por incapacidade administrativa deveria renunciar o mandato. Ela não tem condições de submeter por mais tempo a população do Maranhão a um governo tão pífio quanto esse. Mas ela continua”, enfatizou Marcelo Tavares.

WWW.NoticiasdeParaibanoMa.com
“Aqui Você Faz a Notícia”

Um comentário:

COMENTE COM EDUCAÇÃO.