terça-feira, 17 de maio de 2011

VIOLÊNCIA E INSEGURANÇA TAMBÉM NAS PEQUENAS CIDADES.



      Vista Parcial de Paraibano-MA                               Foto: Amaury Carneiro
Noticiasdeparaibanoma.com
É, definitivamente acontecimentos dramáticos que antes só  víamos nos grandes centros, agora está presente nas pequenas cidades do interior do País. Tomamos como exemplo os vários casos envolvendo violência, roubos, inúmeros assaltos, assassinatos e seqüestros ocorridos em nossa região e até mesmo em Paraibano-MA. Uma cidade tida como pacata, calma, aconchegante, mas que aos poucos vai se transformando.
            O último episódio desse tipo ocorreu aqui em Paraibano-MA, no Sábado  14/05/11 no início da noite, quando  quatro bandidos fortemente armados fizeram reféns os moradores de uma fazenda  localizada nos arredores do município,  onde passaram a noite sob a mira de armas, a espera do proprietário, que ao chegar na fazenda na manhã de domingo 15/05/11, foi abordado pelos bandidos que o trouxeram até sua residência na cidade e efetuaram o assalto levando jóias, uma quantia em dinheiro e uma caminhonete modelo S-10. (segundo relato das vítimas)
            Graças a Deus ninguém saiu ferido gravemente, apenas um dos reféns sofreu agressões físicas,  porém  nada mais grave.
            Na tarde desta Segunda-Feira 16/05/11 a caminhonete foi localizada por policiais na cidade de São José de Ribamar, próximo a capital do estado, São Luis. Na abordagem da polícia um dos integrantes que estava no carro conseguiu fugir, o carro estar em poder da polícia na capital.
            Isso é o retrato da insegurança e impunidade que assola este País, como já disse, Insegurança que só ocorria nas grandes cidades e agora está migrando para as pequenas. Até quando ???.
Noticiasdeparaibanoma.com

Um comentário:

  1. Olá querido professor parabéns pela iniciativa de criação e atualização do blog.Tbm sou graduada em geografia,e tenho um blog http://alzira-moura.blogspot.com/, espero sua visita.

    ResponderExcluir

COMENTE COM EDUCAÇÃO.